1ª fase da OAB: tudo o que você precisa saber sobre a prova

Tão importante quanto se preparar para a 1ª fase da OAB é conhecer tudo sobre esta etapa. Afinal, é o primeiro passo rumo a conquista da carteira da Ordem dos Advogados do Brasil. Então, quanto mais detalhes você tiver acesso mais confiante se sentirá para o grande dia. Por isso, no post de hoje, você te contar tudo sobre a prova de primeira fase do Exame da Ordem e ainda dar algumas dicas de preparação.

Antes de tudo, é importante lembrar que a aprovação no exame é condição necessária para os profissionais exercerem a advocacia. E ela é facultativa para alunos matriculados nos últimos dois semestres, ou no último ano, da graduação de Direito. E se você quiser seguir com a carreira pública na área do Direito, além de investir em cursos para concursos públicos também vai precisar da aprovação no Exame de Ordem. Então, mais um motivo para você se inscrever no exame.

Como é a prova da OAB?

Normalmene, há duas edições do exame ao ano. E uma das principais dúvidas dos candidatos é em relação a quantidade de questões. Sendo assim, a 1ª fase é composta por 80 questões com quatro alternativas de resposta, sendo apenas uma delas considerada correta. E quantas questões tem que acertar para passar na OAB? Para estar habilidade para a segunda etapa é necessário acertar 50% das questões, ou seja, 40 perguntas. E não é permitido nenhum tipo de consulta a materiais de estudo ou outros dispositivos nesta etapa.

É importante lembrar também que não existem pesos diferentes para a correção das questões. Ou seja, uma pergunta de Direito Consitucional não vale mais que outra de Direito Administrativo. Sendo assim, para ser considerado aprovado basta apenas acertar, no mínimo, 40 questões sejam elas quais forem. Afinal, nessa etapa é cobrado um conhecimento geral do Direito, sem focar em uma área específica.

O que estudar para passar na OAB?

E se você está se questionando o que estudar para passar na OAB, saiba que na primeira fase são cobrados assuntos das seguintes matérias.

  • Direito Administrativo;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito do Trabalho;
  • Direito Processual do Trabalho;
  • Direito Tributário;
  • Direitos Humanos;
  • Código de Defesa do Consumidor;
  • Estatuto da Criança e do Adolescente;
  • Direito Ambiental;
  • Direito Internacional;
  • Filosofia do Direito;
  • Estatuto da Advocacia;
  • Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina da OAB.

Já deu para perceber que a prova pode cobrar uma lista extensa de matérias, mais os conteúdos dentro de cada uma dessas disciplinas. Por isso, a nossa dica de como estudar para passar na OAB é focar nas matérias que possuem um número maior de questões. Assim, você consegue otimizar o seu tempo de preparação. Sendo assim, as principais disciplinas são: Ética Profissional, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Administrativo e Direito Processual Civil.

Existe um limite de tentativas de aprovação na 1ª da fase OAB?

Não há um limite de tentativas, você pode participar do exame quantas vezes quiser. Porém, a cada tentativa é preciso pagar a taxa de matrícula, que atualmente custa R$ 295,00. Por isso, é interessante investir em um curso online para 1ª fase OAB para garantir a aprovação já na primeira tentativa. Afinal, o preparatório pode te direcionar para os temas mais cobrados, facilitando a sua jornada até a aprovação. Além disso, quando você conta com a experiência de professores que entendem muito não apenas da matéria em si, mas também do exame e da banca FGV, tem acesso a explicações mais claras e diretas ao ponto.

Com o passar das edições, o exame se tornou mais exigente. Sendo assim, o principal erro do candidato é achar que não precisa de um curso online para OAB e acreditar que apenas o conteúdo aprendido em sala de aula na graduação é sucifiente para ser aprovado. Mas, na verdade, o exame exige uma preparação mais direcionada, envolvendo conteúdos interdisciplinares, ou seja, que misturam mais de uma área do Direito na mesma questão.

O que levar no dia da prova de 1ª fase da OAB?

Como já falamos anteriormente, na primeira prova da OAB não é permitido fazer nenhum tipo de consulta a material. Sendo assim, no grande dia, o candidato deve levar um documento original com foto e canetas que tenham o corpo feito de material transparente.

Além disso, é proibido qualquer dispositivo eletrônico. Caso o candidato precise levar algum desses dispositivos, como o celular, é preciso guardar desligado durante a realização da prova em sacos plásticos lacráveis que são entregues pela organização da prova. Também são proibidos aessórios como bonés, chapéus e óculos escuros.

Dicas práticas para a prova da 1ª fase da OAB

Agora que você já conhece todos os detalhes da prova e sabe que precisa contar como um curso online para o Exame da Ordem, vamos dar algumas dicas essenciais para o grande dia. A primeira dica é verificar o caminho até o local de prova antecipadamente, se possível realize o trajeto uns dias antes para conferir como é o caminho, qual tranporte público está disponível ou se existem boas opções para estacionar o carro. Mas, lembre-se que imprevisto podem acontecer e no dia o volume de pessoas será muito maior na rua, então, insira uma boa margem de erro no tempo previsto.

No dia anterior, largue os estudos e respire um pouco. Afinal, 24 horas de estudo não vão fazer diferença na sua aprovação, só vão te deixar mais nervoso para a hora da prova. Lembre-se de fazer refeições leves, tomar bastante água e fazer um exercício mais leve pode ajudar a se concentrar e ficar menos estressado. Também vale ter um boa noite de sono, mas não tente dormir mais cedo do que o habitual. Vale ouvir uma música, meditar ou fazer algum outro ritual para relaxar antes de deitar.

E o último ponto, mas tão importante quanto os outros, é respirar firme no dia da prova e confiar em si mesmo. Afinal, você passou por um processo de estudos e está pronto para conquistar a tão sonhada aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil e construir uma carreira de sucesso como adogado ou advogada.

Deixe seu Comentário