5 dicas para você ser aprovado no CFC sem estresse

No post de hoje, você vai conferir 5 dicas para ser aprovado no CFC e ficar pronto para iniciar uma carreira de sucesso dentro da área. Então, não deixe de ler este texto até o final, anotar nossas dicas e colocar em prática no seu dia a dia de preparação. Afinal, depois que você alcançar a tão sonhada aprovação, nem vai se lembrar dessa época de estudos para o Exame de Suficiência.

Conheça o exame do CFC

A nossa primeira dica para ser aprovado é: conheça o exame do CFC. Pode parecer algo simples, mas faz toda a diferença, afinal, não tem como você ser aprovado em uma prova que você mal conhece o que pode cair, quais são as regras e onde ela pode te levar. Então, vamos começar esclarecendo esse ponto importante.

O que é CFC?

O Exame de Suficiência, também conhecido como CFC ou CRC, é uma avaliação obrigatória para os bacharéis e técnicos de Ciência Contábeis. Dessa forma, todos os profissionais formados após junho de 2010 precisam garantir a aprovação nesse teste para desempenhar suas funções profissionais. Além disso, os alunos que estejam no último ano do curso também podem participar. O exame de suficiência contábil é como o Exame de Ordem para os advogados. Ele funciona para verificar se o profissional tem condições teóricas de praticar a sua função no mercado de trabalho. Por isso, ele é tão importante.

O candidato passa por uma prova CRC com 50 questões, elas são objetivas e possuem quatro opções de resposta (A, B, C e D). Mas, apenas uma delas é considerada correta. E para ser considerado apto, o profissional precisa acertar no mínimo 50% da prova, ou seja, 25 perguntas. Durante a prova é permitido o uso de calculadora, mas apenas se o aparelho não contar com a função de armazenamento de texto. Então, é importante verificar esse detalhe antecipadamente.

O que cai no exame?

Segundo o último edital, a prova traz questões sobre as seguintes matérias:

  • Contabilidade geral;
  • Ética do contador;
  • Contabilidade de custos;
  • Controladoria;
  • Contabilidade pública;
  • Noções sobre direito e legislação;
  • Contabilidade gerencial;
  • Estatísticas e matemática financeira;
  • Teoria contábil;
  • Princípios contábeis e normas brasileiras de contabilidade;
  • Auditorias contábeis;
  • Perícias contábeis;
  • Língua portuguesa aplicada.

Foque nos conteúdos que são mais cobrados

Como o edital do exame traz diversos conteúdos, o ideal é que você comece seus estudos, por aqueles que mais caem nas provas. Ou seja, as matérias com o maior número de questões. Segundo dados do próprio Conselho Federal de Contabilidade, as disciplinas mais cobradas no Exame de Suficiência são:

  • Contabilidade Geral – 17 questões
  • Contabilidade de Custos – 4 questões
  • Legislação e Ética profissional – 4 questões
  • Prin. de Cont. de Normas Brasileiras de Cont. -4 questões
  • Teoria da Contabilidade – 4 questões
  • Contabilidade Aplicada ao Setor Público – 3 questões
  • Noções de Direito e Legislação Aplicada – 3 questões
  • Auditoria Contábil -2 questões
  • Contabilidade Gerencial – 2 questões
  • Língua Portuguesa Aplicada  – 2 questões
  • Matemática Financeira e Estatística – 2 questões
  • Perícia Contábil – 2 questões
  • Controladoria -1 questões

Ou seja, como já vimos anteriormente, você precisa acertar 25 questões de um total de 50 perguntas. Sendo assim, pode não ser a estratégia mais interessante começar estudando a matéria de controladoria, por exemplo. Por isso, é importante você ter essa visão geral e direcionar a sua preparação.

Aposte em um preparatório de qualidade para o CFC

E por falar em preparação, a nossa terceira dica é que você aposte em um curso online para exame CFC. Afinal, apenas o conteúdo aprendido durante a graduação não é suficiente para ser aprovado no exame. Em outras palavras, não adianta saber o que vai cair, mas também, como esse conteúdo será cobrado e é isso que os cursos preparatórios online podem fazer por você.

E com um preparatório online, você poderá contar com a experiência de professores que conhecem muito não apenas sobre a matéria em si, mas também sobre o exame do CFC. Assim você aprende e revisa com videoaulas e explicações diretas ao ponto. Tudo isso faz a diferença no final, no seu desempenho.

Teste seus conhecimentos respondendo questões de exame anteriores do CFC

Além de contar com um curso online para exame CFC, responder questões de edições anteriores é outra prática que te ajuda a alcançar o objetivo. Afinal, dessa forma, você pode conhecer detalhes importantes da prova como o estilo de cobrança, o nível de dificuldade das questões, o tamanho dos enunciados e muito mais. São detalhes que te deixam menos nervoso e mais confiante para o grande dia.

Então, adicione na sua preparação a prática diária de responder questões. Além de testar seus conhecimentos, você também pode conferir como estão os seus estudos. Afinal, com base na quantidade de erros e acertos é possível verificar quais assuntos já foram aprendidos e quais precisam ser revisados.

Também é bem importante ficar de olho no seus resultados. Assim, você pode acompanhar o seu progresso nos estudos e se manter mais confiante para seguir a caminhada rumo à aprovação. Mas, lembre-se, você é o seu único concorrente no exame, a única pessoa que precisa superar todos os dias.

Resolva provas completas do CFC

E para fechar as dicas de hoje voltadas para o Exame de Suficiência, o nosso conselho é que você resolva provas completas do CFC. Mesmo sendo similar a responder questões avulsas, essa prática te ajuda com outros aspectos importantes. Afinal, você pode simular o grande dia. Então, consegue conferir qual é o seu tempo de resolução de prova. Ou seja, quantas horas você leva para responder todas as perguntas e preencher o gabarito. Funciona como um teste, um simulado mesmo, para o dia oficial.

Então, pesquise pela última prova do exame e imprima o documento. Depois disso, encontre um canto silencioso da casa e resolva todas as perguntas. Faça poucas pausas durante a resolução e não consulte nenhum tipo de material. Também é importante deixar um celular cronometrando o seu tempo. E quando terminar é só conferir as suas respostas com o gabarito oficial do concurso. Anote quantas questões você acertou e repita essa prática com uma nova prova depois de 15 ou 30 dias.

Com toda a certeza, você se sentirá mais bem preparado para as questões da prova, quando estiver valendo a sua aprovação.

Deixe seu Comentário