5 técnicas de memorização para concursos públicos

técnicas de memorização

Conheça as melhores técnicas de memorização!

Aqui no Blog Arquitetando sua Carreira hoje vamos te contar 5 técnicas de memorização para concursos públicos. Você vai saber como memorizar os estudos para concursos, como decorar as leis para concursos, exercícios de memorização para concursos, técnicas de memorização e concentração, enfim tudo que é necessário para saber como lembrar o que é estudado. Continue a leitura e veja as melhores técnicas de estudo e memorização para concursos.

Técnicas de memorização para concursos públicos

Aquele edital do concurso público que você tanto quer prestar e ser aprovado finalmente saiu, e agora? Imediatamente você faz a sua inscrição e começa a sua preparação para o tão sonhado dia da prova. Mas, mesmo assim, vem aquela preocupação de esquecer tudo o que estudou para a prova. E assim perder a sua chance aprovação e vaga no cargo que deseja, não é mesmo?

Assim sendo, com o intuito de te ajudar a evitar esse problema, reunimos neste texto 5 técnicas de memorização muito poderosas para concursos públicos. Confira agora e garanta que vai se dar bem e não vai esquecer nada na sua prova:

1 – Revisar Periodicamente

Para diminuir a curva de esquecimento a melhor pedida são as revisões periódicas, pois tão importante quanto estudar e saber um pouco mais os conteúdos para o concurso é revisar também todas as matérias aprendidas.

Por isso, é fundamental entender que o nosso cérebro possui o que se chama de Curva de Esquecimento. E, esse conceito comprova um fato um tanto desanimador sobre o funcionamento do nosso cérebro.

Fique sabendo que nós temos a capacidade natural de esquecer mais ou menos metade, ou seja 50%, do que aprendemos estudando ao longo de um dia inteira. Em outras palavras, isso quer dizer que, ao final do dia temos a tendência de esquecer metade de tudo o que estudamos. E ainda, ao longo dos dias essa curva vai se acentuando até esquecermos cerca de 90% de tudo que foi aprendido.

Mas, não se desespere, pois existe uma forma de evitar essa perda de informações da memória, e tornar seu estudo mais produtivo. O indicado é que você realize boas revisões periódicas do que estudou ao longo do dia. Por exemplo, se não é possível revisar os assuntos no mesmo dia, é importante fazer essa revisão 24 horas depois. E, então, uma nova revisão precisa ser feita 7 dias depois.

Isso pode parecer simples, mas essa é uma das mais poderosas técnicas de memorização para concursos públicos. Com ela é possível reduzir o avanço da Curva de Esquecimento e melhorar muito a sua capacidade de memorização do concursando.

2 – Gravar áudios

Dessa maneira, seguindo com as nossas técnicas de memorização, a segunda que apresentamos é a de gravar resumos do que estudou em áudio. Funciona assim, depois que você terminar o estudo de um conteúdo ou assunto específico, pegue um gravador de voz e conte um resumo desse estudo. Você pode gravar uma nota rápida, de um minuto ou dois, explicando tudo o que aprendeu daquele assunto.

O indicado é que você faça essa gravação logo após estudar e realizar exercícios para ajudar na fixação e prática do estudo. Fique sabendo, que essas gravações ajudam muito na memorização pois para poder gravar, primeiro você terá que realizar um trabalho de síntese do conteúdo. Ou seja, você resume as informações que aprendeu para gravar para si um conteúdo explicativo. E com isso, seu cérebro sedimenta melhor as informações nas conexões sinápticas e facilita sua memorização.

E ainda, além disso, como você vai utilizar as gravações para revisar conteúdos, o reforço do assunto em sua memória com toda a certeza será muito melhor. Essa atitude também ajudará a memorizar de maneira muito mais fácil. Leve em conta que essa é uma dica preciosa para quem estuda para concurso.

3 – Fazer fichas

Na nossa terceira dica, trazemos a ideia de você fazer fichas com a ideia central de cada assunto. Fique sabendo que muitas pessoas acreditam que fazer revisões é estudar novamente todo o conteúdo que ele já viu sobre um assunto. E  isso é um erro! Pois faz com que você perca um tempo considerável sem necessidade.

Você não pode só repetir tudo o que leu e estudou, pois isso tomará muito tempo. É muito mais interessante que você faça as suas revisões de conteúdos por meio de fichas. Assim sendo, nessas fichas, você deve colocar a ideia central do assunto que estudou, ou ainda as palavras-chaves principais de cada conteúdo.

Em resumo, saiba que essas fichas ajudam o cérebro, pois na medida em que você as utiliza para revisar estudos, elas criam mais conexões sinápticas. E ainda por cadeia, fortalecem a sua memória sobre o tema, colocando os assuntos na memória de longo prazo.

4 – Montar Flash Cards

Provavelmente ao longo da sua vida de estudante, você já se deparou com a seguinte situação: ao chegar em alguma questão de uma prova, lembrou que tinha estudado o assunto, mas não conseguia relembrar a resposta. Isso pode ser muito frustrante, ainda mais quem está se preparando para um concurso público.

Mas, fique sabendo que esse problema pode ser resolvido pela quarta das nossas técnicas de memorização. Nossa dica é que você use Flash Cards, que são pequenos cartões de notas, que servem para memorização. Essa é uma técnica é bem simples, de um lado do cartão você coloca uma pergunta sobre um assunto que estudou. E, do outro lado do cartão você escreve a resposta certa. Feito isso, para revisar o conteúdo basta pegar os flash cards, conferir a pergunta e depois responder.

Se você acertar de primeira significa que seu cérebro está memorizando bem aquela informação, e que portanto você precisa revisar menos o Flash Cards em questão.

5 – Resolver questões

Na nossa última dica, trazemos a resolução de questões que é uma técnica essencial para ajudar na memorização para concursos. Quando você apenas lê um assunto, e não pratica, ele fica na sua mente de forma bem abstrata. E quanto mais abstrata é uma informação na mente, mais fácil será esquecê-la.

Para que você memorize de forma eficiente o que estuda para o concurso é fundamental tornar o conteúdo o mais concreto possível no cérebro. Assim sendo, a melhor forma de se fazer isso é resolver questões práticas. Uma boa dica são os simulados, pois eles não apenas vão ajudar a testar o seu conhecimento para o concurso, como melhorar a sua fixação do que estuda.

 

Deixe seu Comentário