Como estudar para o cargo de Analista Tributário da Receita Federal?

Não resta dúvida, um dos cargos que mais mexe com o imaginário dos concurseiros é o de Analista Tributário da Receita Federal. Muito disso se deve ao fato de, não apenas poder atuar em um dos órgãos mais conceituados e respeitados do Brasil, como também pelo altíssimo salário a que têm direito os aprovados. A boa notícia é que o concurso RFB está muito próximo de acontecer, e nós contaremos tudo o que já sabemos sobre o certame, sobre o cargo de Analista Tributário, e claro, vamos dar dicas de como estudar. Então, continue conosco!

Bom, antes de tudo é importante destacarmos que o concurso Receita Federal pode ser autorizado a qualquer momento, isso porque uma reunião entre o secretário especial da Receita Federal, Júlio Cesar Vieira Gomes, e o Ministro da Economia, Paulo Guedes, já aconteceu, tendo como principal objetivo consultar o histórico do processo de autorização do certame, tratar a respeito da situação orçamentária, e claro, reiterar o pedido acerca da necessidade de novos funcionários sendo adicionados ao quadro.

E qual foi a conclusão desse encontro? Após uma avaliação bimestral de receitas e despesas primárias, previstos para o mês de março, ficou definido que existe sim a possibilidade de o concurso ser autorizado. A expectativa é de que o concurso Receita Federal edital seja publicado ainda no primeiro trimestre do ano.

O pedido por parte da RFB é de um total de 699 vagas, sendo 230 para o cargo de Auditor Fiscal, e as demais 469 para a função de Analista Tributário, porém, há boas chances de que esse número seja ainda maior.

O que faz um Analista Tributário da Receita Federal?

Bom, se você faz parte dos milhares de brasileiros que sonham em conquistar uma vaga de Analista Tributário da Receita Federal e quer conhecer todos os detalhes a respeito do cargo, veio ao lugar certo. A partir de agora vamos especificar quais serão suas futuras atribuições caso, é claro, tenha sucesso na futura prova Receita Federal.

Primeiro é importante destacarmos quais são os requisitos básicos para poder assumir a função, tendo como base o exposto no edital do último concurso da RFB com oportunidades para Analistas, que aconteceu no ano de 2012. A lista é a seguinte:

  • ter sido aprovado e classificado no concurso, na forma estabelecida neste Edital;
  • ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto nº 70.436, de 18/04/1972;
  • gozar dos direitos políticos;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
  • ter idade mínima de 18 anos;
  • ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovadas por junta médica oficial;
  • possuir diploma de curso superior concluído em qualquer área, em nível de graduação, devidamente registrado no Ministério da Educação (MEC);
  • apresentar declaração de bens com dados até a data da posse;
  • apresentar declaração a que se refere o subitem 13.4 deste Edital;
  • apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse.

De acordo com o mesmo documento, que solicita uma consulta junto à Lei nº. 11.457, de 16 de março de 2007, as funções exercidas pelos aprovados tão logo sejam nomeados Analistas Tributários, serão:

  • constituir, mediante lançamento, o crédito tributário e de contribuições;
  • elaborar e proferir decisões ou delas participar em processo administrativo-fiscal, bem como em processos de consulta, restituição ou compensação de tributos e contribuições e de reconhecimento de benefícios fiscais;
  • executar procedimentos de fiscalização, praticando os atos definidos na legislação específica, inclusive os relacionados com o controle aduaneiro, apreensão de mercadorias, livros, documentos, materiais, equipamentos e assemelhados;
  • examinar a contabilidade de sociedades empresariais, empresários, órgãos, entidades, fundos e demais contribuintes, não se lhes aplicando as restrições previstas nos artigos. 1.190 a 1.192 do Código Civil e observado o disposto no art. 1.193 do mesmo diploma legal;
  • proceder à orientação do sujeito passivo no tocante à interpretação da legislação tributária;
  • supervisionar as demais atividades de orientação ao contribuinte.

Como se preparar para o concurso da Receita Federal?

Agora que você já sabe o quais requisitos precisa atender para garantir a participação quando a concurso Receita Federal inscrições forem abertas, e quais as atribuições exigidas para o exercício da função de Analista Tributário, agora é finalmente chegada a hora de saber como estudar para chegar ao dia do certame com boas chances de ser aprovado.

Primeiro é importante destacarmos o que pode vir a ser cobrado na prova do concurso Analista Tributário da Receita Federal, e para isso, vamos mais uma vez fazer uso de consulta ao edital do último certame. Na ocasião, faziam parte do conteúdo programático as seguintes disciplinas:

  • Legislação Tributária e Aduaneira – para o cargo na Área geral (30 questões)
  • Informática – para o cargo na Área informática (30 questões)
  • Direito Constitucional e Administrativo (25 questões)
  • Língua Portuguesa (20 questões)
  • Direito Tributário (20 questões)
  • Espanhol ou Inglês (10 questões)
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo (10 questões)
  • Administração Geral (10 questões)
  • Contabilidade Geral (10 questões)

A principal dica que podemos te dar nesse primeiro momento, caso queira realmente ter chances de buscar uma das vagas, é investir no melhor curso online para Analista Tributário RFB. Sim, nós chamamos de investimento, afinal de contas, o objetivo é um prol de um bem maior, ou seja, sua aprovação.

No curso preparatório Receita Federal você poderá estudar com videoaulas em formato de plano de estudos, que apresentam os assuntos que mais têm chances de serem cobrados na ordem exata em que precisam ser assistidas. Portanto, basta dar o play e pronto, você automaticamente terá a preparação mais eficaz.

Estudar para concursos públicos com o auxílio de um curso online te dará, além da possibilidade de assistir às videoaulas com conteúdo que cai na prova, também poder treinar resolvendo questões de concursos anteriores, seja do próprio órgão, da banca organizadora, do cargo específico, de uma determinada disciplina, enfim, o filtro que considerar melhor. Você certamente já ouviu ou leu a expressão “a prática leva à perfeição”, certo? Acredite, ela se enquadra muito bem quando o assunto é estudar.

Então é isso, esperamos ter conseguido tirar todas as suas dúvidas a respeito desse tão concorrido cargo, te deixar animado em relação a proximidade do concurso, e claro, te convencido a fazer aquele que pode ser um dos melhores investimentos da sua vida ao adquirir o curso para Analista Tributário da Receita Federal.

Sucesso!

Deixe seu Comentário