Concurso para CGU: cargos, provas anteriores e tudo o que você precisa saber para turbinar a preparação!

Pensando em conquistar uma vaga no funcionalismo público? Então, este texto foi feito para você. Hoje aqui no blog Arquiteto Online, vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre a próximo concurso da controladoria geral da união – CGU.

Status do próximo concurso da CGU

Conforme pedido enviado ao Ministério da Economia, o futuro concurso da CGU deve contemplar vagas para os cargos de Técnico Federal de Finanças e Controle e Auditor Federal de Finanças e Controle.

O quantitativo de vagas ainda não foi definido. Porém, tendo como base o pedido de autorização realizado em 2019, é possível que sejam aproximadamente 655 vagas para o cargo de Auditor e 71 para Técnico.

Outra questão que também continua em aberto, juntamente com o número de vagas a serem oferecidas, diz respeito a banca organizadora concurso CGU.

 Vale lembrar, que a última seleção foi organizada pela Escola de Administração Fazendária – ESAF.

Sobre os cargos

Antes de se candidatar a uma das vagas no concurso público CGU, é preciso conhecer obre os cargos e suas atribuições. Sendo assim, confira agora as informações mais relevantes sobre as carreiras:

Auditor Federal de Finanças e Controle

 O cargo de Auditor da Controladoria-Geral da União é um dos mais cobiçados pelos concurseiros. Isso se deve pelo prestígio da função, mas também pelo seu alto salário. De acordo com a tabela de vencimentos, a remuneração inicial do cargo é de R$ 19.197,06. Ou seja, assim que o candidato é aprovado, ele já começa ganhando esse salário. E, ao alcançar o nível mais alto da carreira, a remuneração vai para R$ 27.369,67. Isso sem contar os benefícios garantidos, como o auxílio alimentação no valor de R$ 458, adicional qualificado, auxílio-creche aos profissionais com filhos e adicional de cursos de capacitação.

E para fazer jus a uma remuneração tão atraente, estão entre as suas responsabilidades:

  • Atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas, compreendendo supervisão, coordenação, direção e execução de trabalhos especializados sobre gestão orçamentária, financeira e patrimonial, análise contábil, auditoria contábil e de programas;
  • Assessoramento especializado em todos os níveis funcionais do Sistema de Controle Interno;
  • Orientação e supervisão de auxiliares;
  • Análise, pesquisa e perícia dos atos e fatos da administração orçamentária, financeira e patrimonial;
  • Interpretação da legislação econômico-fiscal, financeira, de pessoal e trabalhista; supervisão, coordenação e execução dos trabalhos referentes à programação financeira anual e plurianual da União e de acompanhamento e avaliação dos recursos alcançados pelos gestores públicos;
  • Modernização e informatização da administração financeira do Governo Federal. Atuar no aprimoramento e fortalecimento das ações correcionais no Poder Executivo Federal;
  • Acompanhar o andamento dos processos administrativos disciplinares em órgãos ou entidades da Administração Pública Federal;
  • Zelar pela integral fiscalização do patrimônio público; e
  • Proceder ao andamento das representações e denúncias recebidas pela Controladoria-Geral da União, como objetivo de combater condutas e práticas referentes à lesão ou ameaça de lesão ao patrimônio público.

Técnico Federal de Finanças e Controle

O cargo de Técnico também é uma função de destaque no mundo dos concurseiros. E por isso tem uma concorrência grande em todos os certames. A remuneração inicial para essa função é de R$ 7.283,31, mas há a possibilidade de alcançar o teto de R$ 12.514,58 com a última progressão do cargo. Além disso, todos os benefícios citados anteriormente para o cargo de Auditor também são válidos para a função de técnico.

Como atribuições do cargo, podemos citar:

  • Atividades de nível intermediário, de apoio técnico administrativo, relativas às competências regimentais da Coordenadoria-Geral da União.

 Como participar do concurso da CGU

Infelizmente, ainda não há estimativa para a publicação do edital do concurso cgu. Mas para que você possa se preparar, vamos antecipar quais são os requisitos gerais exigidos para a inscrição.

  • Ter nacionalidade brasileira. No caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses;
  • Ter plenos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com as obrigações do Serviço Militar (para os candidatos do gênero masculino);
  • Possuir diploma quanto ao nível de escolaridade exigido;
  • Ter idade mínima de 18 anos;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por junta médica oficial designada pela Coordenação-Geral de Recursos Humanos da CGU;
  • Apresentar declaração de bens com dados até a data da posse;
  • Certidão dos setores de distribuição dos foros criminais da Justiça Federal, Estadual, Militar Federal e Eleitoral (crimes eleitorais) dos lugares em que tenha residido o candidato nos últimos cinco anos;
  • Declaração firmada pelo candidato, da qual conste não haver sofrido condenação definitiva por crime ou contravenção, nem penalidade disciplinar de demissão, no exercício de cargo ou de destituição de função pública;
  • Declaração do órgão público ao qual esteja vinculado o candidato à data da matrícula no Curso de Formação;
  • Folha de antecedentes expedida pela Polícia do Distrito Federal e/ou dos Estados onde residiu o candidato (últimos cinco anos e expedida em, no máximo, seis meses).

Requisitos específicos

Além de atender aos requisitos gerais, quem deseja se candidatar a um dos cargos do concurso da CGU precisa ainda ficar atento aos requisitos específicos. Então, confira abaixo quais são as exigências de acordo com cada função:

Auditor Federal de Finanças e Controle

Se você quer se tornar um auditor da CGU há outras obrigatoriedades, além dos requisitos gerais, como o diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de ensino superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Para a área de TI, pode ser que exijam também certificações específicas. E se esta é sua opção, comece a investir agora mesmo na sua preparação com cursos online para certificações.

Técnico Federal de Finanças e Controle

É necessário apresentar certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O que estudar para o concurso da CGU

 Conteúdo da prova objetiva para todos os cargos

  • Conhecimentos Básicos – Comum a todas as áreas P1
    • 20 questões – Língua Portuguesa
    • 05 questões – Administração Pública
    • 05 questões – Língua Inglesa ou Espanhola
    • 05 questões – Raciocínio Lógico, quantitativo e analítico
  • Conhecimentos Específicos – Comum a todas as áreas P2
    • 10 questões – Direito Constitucional
    • 10 questões – Direito Administrativo
    • 10 questões – AFO

Conteúdo do concurso CGU vagas para nível médio

  • Conhecimentos especializados (Administrativa)
    • 10 questões – Administração Estratégica
    • 05 questões – Contabilidade Pública
    • 25 questões – Licitações, Contratos e Convênios
    • 20 questões – Regime Jurídico dos Servidores da União

Conteúdo do concurso CGU vagas para nível superior

  • Conhecimentos especializados (Auditoria e Fiscalização – geral)
    • 05 questões – Contabilidade Pública
    • 10 questões – Políticas Públicas
    • 10 questões – Auditoria em TI
    • 10 questões – Conhecimento de banco de dados
    • 35 questões – Técnicas de Controle

Preparação para o concurso

Agora que você já sabe todas as informações sobre o concurso CGU 2021 e conhece todos os benefícios que os cargos oferecem, precisa antecipar a sua preparação. Por isso, o ideal é que você invista em um curso para concurso CGU 2021.

Assim você terá acesso a conteúdos direcionados e específicos que, além de economizar seu tempo, garantem que você estude somente o que cairá na prova.

 

Deixe seu Comentário