Gestão de tempo para estudar para concursos públicos: conheça essas técnicas!

Se você está buscando dicas de preparação para estudar para concursos públicos abertos ou para aqueles que ainda estão por abrir, não pode deixar de conferir o texto de hoje aqui do blog Arquiteto Online.

Isso porque, reunimos em um único post tudo o que você precisa saber sobre como estudar para concursos públicos, no que diz respeito ao aspecto da gestão do tempo.

Gerenciar o tempo de estudos é essencial para a rotina de todo e qualquer concurseiro. Porém, muito mais do que “ocupar” a sua agenda, a gestão neste sentido, tem como objetivo aumentar eficiência no estudo para concursos.

 Mas, afinal, você sabe  o que é gestão do tempo?

A gestão do tempo e produtividade nada mais é do que um conjunto de técnicas usado para aprimorar a realização de tarefas, de modo que a eficiência seja mantida.

Ou seja, a matriz de gestão do tempo se baseia na adoção de uma série de processos e ferramentas que auxiliam o cumprimento de atividades e projetos, dentro dos prazos estabelecidos e com resultados satisfatórios.

Agora que você já está mais familiarizado com o assunto, vamos explicar como aplicar as técnicas na hora de estudar para concursos públicos.

10 técnicas de gestão de tempo para estudar para concursos públicos

Conheça sua rotina

Antes de mais nada é preciso que você conheça sua rotina. Para isso, anote tudo que você costuma fazer todos os dias para saber o tempo que terá disponível para os seus estudos. Afinal, não adianta ter um planejamento baseado em uma rotina que não existe.

Lembre-se de incluir os compromissos fixos como trabalho, lazer e descanso, além dos eventuais como consultas, reuniões e eventos. Depois de realizar esse levantamento, é hora de avaliar o tempo que terá para estudar com foco total.

Elabore um bom plano de estudo

Para que a sua rotina de estudos seja ainda mais eficaz, você precisa definir o que estudar e quando estudar.

Esta simples ação deve levar em consideração o tempo disponível até a data da prova, bem como o seu nível de dificuldade/facilidade diante de cada disciplina.

Assim fica mais fácil definir as prioridades e manter o foco no estudos.

Defina suas prioridades

Falando em prioridades, você deve estabelecer de forma bem clara quais são as etapas do seu concurso. Diante disso, deve se programar com relação às disciplinas que demandam mais conteúdo x quais você sente mais dificuldade em aprender x quais conteúdos precisam de um menor tempo de estudo.

Estude uma matéria de cada vez

Para elevar o nível de concentração e manter o foco naquilo que está sendo aprendido, o ideal é que você estude um conteúdo de cada vez.

Por exemplo, caso tenha optado em iniciar o aprendizado pela disciplina de Língua Portuguesa, fique concentrado nela até finalizar tudo o que se propôs a estudar.

Use ferramentas a seu favor

Atualmente, diversas opções de ferramentas para organizar seus estudos estão disponíveis nas principais lojas de aplicativos, e até mesmo on-line.

Para quem é mais conservador, uma agenda ou caderno simples bastam. O importante aqui é manter a organização em dia, com o método que melhor atender a seu perfil de estudante.

Atenção ao ambiente de estudos

É muito difícil manter a concentração num ambiente desorganizado.

Procure deixar sempre tudo muito bem organizado ao ponto de saber onde cada coisa está. Se for utilizar caderno, não misture as anotações. Tem muitos livros ou apostilas? Deixe organizado por disciplina. Gosta de fazer anotações em bloquinhos? Coloque em ordem de conteúdo. As ferramentas digitais precisam ser organizadas também. Se você baixa muitos arquivos, crie pastas especificando o conteúdo de cada material e a qual disciplina ele pertence.

Mantenha a concentração em alta

Em um primeiro momento, pode ser fácil montar um plano de estudos e definir prioridades, por exemplo. Agora, pode não ser tão fácil assim manter a concentração para seguir tudo que foi planejado lá no início.

Por isso, saiba que é perfeitamente normal que as distrações aconteçam, mas isso precisa ser evitado. E se você sente dificuldade de manter o foco, é melhor procurar por métodos que ajudem nessa questão, como por exemplo o método pomodoro, que consiste em pausas de 5 minutos a cada 25 minutos dedicados aos estudos.

Fuja das distrações

Descubra o que te faz perder a concentração e elimine dos seus momentos de estudos. Se você não consegue ficar sem mexer no celular, coloque longe de você. Muitas vezes só desabilitar as notificações não é suficiente, portanto, é melhor manter distância.

Não esqueça que é a sua responsabilidade acabar com as suas distrações. Cada vez que você se permite cair nelas, você perde tempo que poderia ser investido no seu estudo.

Faça pausas

Um erro comum entre os concurseiros é achar que estudar por 5 horas direto, é uma ótima tática. Saiba que isso não é interessante para uma gestão do tempo eficaz. Em algum momento, a sua cabeça não funcionará tão bem quanto no início, pois a nossa mente também cansa e merece descanso.

Então, mesmo que você acredite não ser necessário, saiba que fazer pausas é essencial.

Uma boa maneira de conhecer a hora certa de parar é reconhecer quanto tempo você fica concentrado. Se depois de 30 minutos já começa a perder o foco, é o momento de dar uma pausa para recarregar as energias.

Diga não

Todos sabemos que a rotina de estudos, muitas vezes, pode ser bem puxada e difícil, o que quer dizer que você terá que renunciar a determinadas coisas.

Pense nisso como uma medida temporária, até você atingir a tão sonhada aprovação.

Por fim, agora que você já está por dentro das principais técnicas de estudo que podem potencializar o seu rendimento, chegou a hora de investir na sua preparação.

Para isso, sugerimos que você conte com o apoio de cursos preparatórios para concursos, isso porque, com a ajuda de profissionais especialistas em concursos públicos, você terá acesso a conteúdos específicos e totalmente direcionados à sua aprovação, o que traz economia de tempo e maior segurança quanto a qualidade dos materiais.

 

Deixe seu Comentário