O que cai na prova do concurso da Polícia Federal?

O concurso da Polícia Federal é um dos mais concorridos e aguardados. Por isso, é importante antecipar os seus estudos e sair à frente dos concorrentes. Então, para te dar uma mãozinha trouxemos este post com o que cai na prova da PF. Assim, você pode ter um norte para os seus estudos e ficar mais perto da aprovação em um novo certame do órgão. Confira o post até o final e fique atualizado!

O que cai na prova da PF

Antes de falar sobre as matérias do concurso PF, especificamente, é importante saber que existem diversos cargos dentro da Polícia Federal. E cada uma dessas funções tem exigências específicas, assim como, um conteúdo programático direcionado para o cargo. Então, é interessante você saber qual é o seu foco, como por exemplo: concurso agente administrativo PF ou Agente de Polícia Federal. Afinal, quanto mais direcionado for a sua preparação, melhores serão os seus resultados.

Confira abaixo a relação das matérias que foram cobradas nos principais cargos, levando em consideração o último certame que foi organizado pela banca Cebraspe (antiga Cespe).

Delegado

  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Internacional Público e Cooperação Internacional;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Criminologia;
  • Direito Previdenciário;
  • Direito Financeiro e Tributário.

Além disso, há os requisitos para se candidatar a função de Delegado da PF: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de 3 anos de atividade jurídica ou policial.

Agente de Polícia Federal

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Penal e Processual Penal;
  • Legislação Especial;
  • Estatística, Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Contabilidade Geral.

O cargo de Agente de Polícia Federal costuma ser uma das funções mais concorridas do certame. O requisito para se inscrever é possuir diploma de curso de graduação em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Escrivão

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Penal e Processual Penal;
  • Legislação Especial;
  • Estatística;
  • Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Contabilidade Geral;
  • Arquivologia.

E se você quer ser um Escrivão da Polícia Federal, saiba que os requisitos para a inscrição são: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Papiloscopista

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Penal e Processual Penal;
  • Legislação Especial;
  • Estatística, Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Biologia;
  • Física;
  • Química.

Já os requisitos para se inscrever em uma vaga para essa função são: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Temas cobrados no concurso da Polícia Federal

A lista de disciplinas cobradas na prova da policia federal é extensa. Porém, é preciso lembrar que dentro de cada disciplina são cobrados diversos temas. Para você ter uma ideia, trouxemos abaixo o conteúdo programático completo, apenas da disciplina de língua portuguesa que é cobrada no cargo de Agente, confira:

Língua portuguesa – Agente da Polícia Federal

  • Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.
  • Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.
  • Domínio da ortografia oficial.
  • Domínio dos mecanismos de coesão textual.
  • Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de
    sequenciação textual.
  • Emprego de tempos e modos verbais.
  • Domínio da estrutura morfossintática do período.
  • Emprego das classes de palavras.
  • Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração.
  • Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.
  • Emprego dos sinais de pontuação.
  • Concordância verbal e nominal.
  • Regência verbal e nominal.
  • Emprego do sinal indicativo de crase.
  • Colocação dos pronomes átonos.
  • Reescrita de frases e parágrafos do texto.
  • Significação das palavras.
  • Substituição de palavras ou de trechos de texto.
  • Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto.
  • Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.
  • Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República).
  • Aspectos gerais da redação oficial.
  • Finalidade dos expedientes oficiais.
  • Adequação da linguagem ao tipo de documento.
  • Adequação do formato do texto ao gênero.

Preparação para o concurso da Polícia Federal

Ou seja, já deu para perceber que é muito conteúdo para ver e revisar até o dia da prova. Por isso, é importante contar com cursos para concursos públicos. Afinal, dessa forma, você pode contar com explicações diretas ao ponto de professores que conhecem muito, não apenas da matéria ensinada, mas também de concurso público. Por isso, eles conseguem te direcionar para o melhor caminho até a tão sonhada aprovação.

Por isso, apostar em um curso online para o concurso da PF pode te deixar mais perto da aprovação e dois passos à frente dos seus concorrentes, principalmente se você antecipar sua preparação e começar a estudar hoje mesmo. Além disso, há outras dicas importante que podem te ajudar no dia a dia de estudos. Confira abaixo!

Organize sua rotina de estudos

É importante ter constância para conquistar a aprovação no concurso. Ou seja, é essencial que você faça um pouco por dia para alcançar o seu objetivo. Então, defina metas menores durante esse período e mantenha-se focado.

Responda questões de concursos anteriores da PF

Você precisa conhecer a prova da PF, por isso, a nossa dica é que você responda questões que já foram aplicadas em concursos anteriores da Polícia Federal. Dessa forma, além de testar seus conhecimentos, é possível conhecer alguns detalhes importantes como: o tamanho dos enunciados, quantas são as alternativas de resposta e o nível de dificuldade das perguntas.

Resolva provas completas

Além de responder questões avulsas, é importante resolver provas completas da PF. Pois assim, você também pode simular o grande dia e, principalmente, conferir qual é o seu tempo de resolução de prova. Afinal, no dia oficial você terá um tempo máximo para entregar a prova e preencher o gabarito. No último edital, esse tempo foi de 4 horas e 30 minutos. Então, é importante conferir se você está dentro desse prazo ou se precisa acelerar um pouco mais as respostas.

Deixe seu Comentário