O que cai nas provas de Concursos Públicos?

Um dos sonhos de milhões de brasileiros certamente é ter a tão famosa estabilidade financeira. Ganhar um excelente salário para proporcionar a si mesmo e aos familiares uma vida melhor. Porém, infelizmente não são todos os que alcançam esse objetivo, a maioria infelizmente não chega a realizar esse sonho. Só que não se pode culpar a falta de oportunidades por isso, muito pelo contrário, as possibilidades são inúmeras. Não apenas de conseguir ótimas remunerações, mas também carga horária diferenciada, estabilidade, e uma série de outras vantagens. Sabe como? Passando em concurso público.

Apesar de ser bem mais fácil garantir uma vida melhor assim do que se comparado a ganhar na loteria, por exemplo, ser aprovado em concurso requer muita dedicação, foco, disciplina, e claro, o auxílio fundamental de um bom curso online. São raríssimos os casos de quem chegou ao funcionalismo público na base da sorte, ou seja, sem estudar, chutando todas as respostas na prova. Se for assim, é perfeitamente possível comparar as probabilidades de conseguir a aprovação com as de acertar os seis números da Mega Sena.

Nós do blog Arquiteto Online infelizmente não temos como informar quais serão as dezenas sorteadas, mas podemos te dar uma forcinha na sua busca por uma vaga naquele certame que você tanto aguarda. Que tal saber o que mais cai nas provas? Esse certamente é um dos pontos que vai facilitar bastante a ter uma noção maior sobre como passar em concurso. Acredite, saber quais são os assuntos que costumam ser cobrados com maior frequência facilita muito a preparação.

Focaremos apenas nas disciplinas chamadas de conhecimentos básicos, ou conhecimentos gerais, que estão em 100% dos conteúdos programáticos, uma vez que as disciplinas de conhecimentos específicos variam muito de edital para edital, dependendo do órgão, do cargo, do nível de escolaridade, enfim.

Lembrando que o mostrado a seguir não representa uma regra, afinal de contas, determinados concursos podem exigir assuntos diferentes, por isso a importância de sempre ler o edital. O que mostraremos nada mais é do que um levantamento do que mais costuma ser cobrado.

Por nível de escolaridade

Vamos começar mostrando quais são os temas que mais caem em provas de concurso público levando em consideração o nível de escolaridade. Tendo o cargo ao qual irá se candidatar definido, e claro, sabendo se a exigência do mesmo é nível fundamental, médio ou superior, você pode basear seus estudos nos seguintes assuntos:

Nível Fundamental

  1. Língua Portuguesa

Interpretação de textos; Ortografia; Plural; Pontuação; e Verbos.

  1. Matemática

Operações básicas; Raciocínio lógico; Conjuntos numéricos; e Regra de Três.

  1. Atualidades e Conhecimento Gerais

Assuntos que foram destaques ao redor do Brasil e do mundo, além de questões referentes ao cargo pretendido.

Nível Médio

  1. Língua Portuguesa

Interpretação de textos; Ortografia; Morfologia; e Sintaxe da Oração.

  1. Matemática e Raciocínio Lógico

Proporcionalidade; Porcentagem; Frações; Álgebra; Geometria básica; e Probabilidade.

  1. Informática

Conceitos básicos; Pacote Office; e Windows.

  1. Atualidades e Conhecimentos Gerais

Assim como acontece na cobrança para funções de nível fundamental, mas obviamente que um nível de dificuldade maior, é muito importante estar inteirado a respeito das principais notícias do Brasil e do mundo, além do que é referido especificamente ao cargo escolhido.

Nível Superior

  1. Língua Portuguesa

Além de alguns temas semelhantes aos cobrados no nível médio, acrescentam-se Semântica; Preposição; Regência verbal e nominal; e em alguns casos avaliação discursiva.

  1. Matemática e Raciocínio Lógico

Matemática financeira; Progressão aritmética e geométrica; Estatística; e ainda assuntos também cobrados em provas de nível médio.

  1. Informática

Junta-se ao que consta nas cobranças de nível médio, o tema Noções de Segurança.

  1. Direito

Administrativo e Constitucional.

  1. Atualidades e Conhecimentos Gerais

O mesmo se comparado aos outros dois níveis de escolaridade, mas tendo um grau de exigência maior. Aqui podemos destacar entre os temas mais cobrados aqueles que tratam a respeito de política e sustentabilidade.

Uma coisa é certa, independentemente do nível de escolaridade ao qual se encaixa o cargo que você concorrerá, em todos os casos a Língua Portuguesa (ou Português) será cobrado. Matemática e/ou Raciocínio Lógico também aparecem com enorme frequência nas provas, mas há casos em que não estão no conteúdo programático.

Por Área

Bom, além de saber o básico a respeito do que estudar para concursos públicos levando em conta o nível de escolaridade, também é fundamental saber o que mais é cobrado, ou melhor, quais são as disciplinas mais comuns de serem encontradas em provas de cada carreira.

Área Administrativa

Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Informática, Legislação e Interpretação de Textos.

Área Fiscal

Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Tributário, Matemática Financeira, Contabilidade e Economia.

Área Policial

Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Matemática e Redação.

Área Jurídica

Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Civil.

Vale lembrar que sempre podem ocorrer variações em relação às disciplinas que estarão no conteúdo programático, tudo vai depender de fatores como a função escolhida, e claro, o nível de escolaridade.

Sim, nós sabemos que existem várias outras áreas além das citadas acima, porém, essas quatro são as que comumente oferecem maior quantidade de vagas e, consequentemente, as que mais têm candidatos inscritos.

Bom, vale a pena repetir, tudo o que mostramos aqui a respeito do que cai nas provas de concursos públicos não representa uma ciência exata, e sim um levantamento do que historicamente mais aparece. Você, além dos assuntos apresentados, precisará sim estudar com afinco outros vários conteúdos. Porém, só de saber por onde começar já é de grande ajuda, certo? E isso vale para concursos públicos federais, estaduais e municipais.

Quer mais um conselho de amigo? Mesmo que você tenha facilidade para estudar, busque a ajuda de um curso online para assistir videoaulas, praticar com um grande acervo questões de concurso que caíram em provas passadas, enfim. Acredite, não será um gasto e sim um investimento, uma vez que essa simples ação tornará sua caminhada rumo à realização do sonho de ser aprovado muito mais rápida e eficiente.

Deixe seu Comentário